Convivendo com as dores de cabeça

By Aline Turbino 9 meses ago
Home  /  Dor de cabeça  /  Convivendo com as dores de cabeça

 A enxaqueca é uma doença incapacitante. Pode ser extremamente dolorosa e não há cura! Há uma forte associação genética.

– Está entre as 10 doenças mais debilitantes do planeta.

– Vários estudos mostraram um aumento relativo do risco de AVC em mulheres jovens com enxaqueca em comparação com pessoas sem enxaqueca com menos de 45 anos.

– Todos os anos, nos Estados Unidos, 113 milhões de dias úteis são perdidos por causa da enxaqueca (no momento não há estudos no Brasil).

– Existem mais de 100 diferentes tipos de dores de cabeça, assim uma visita a um especialista em dor de cabeça é essencial.

– Quando sua enxaqueca é debilitante, ela pode afetar suas condições no trabalho, gerando dificuldade de concentração e menor rendimento intelectual, além de predispor ao aparecimento de transtornos psiquiátricos.

– A enxaqueca está fortemente associada a ansiedade e distúrbios do humor, alergias, dor crônica e epilepsia.

– A presença de ansiedade na infância está associada com o desenvolvimento da dor de cabeça durante a fase de adulto jovem.

– Vômitos recorrentes, sonambulismo e tontura durante a infância são considerados “equivalentes migranosos” e podem anunciar o desenvolvimento de enxaqueca posteriormente.

– A relação entre os sexos na enxaqueca permanece estável em 2-3 mulheres para cada homem e é geralmente consistente entre os países.

– O predomínio da enxaqueca no sexo feminino inicia-se na puberdade, com mulheres tendo um risco 1,5 maior para desenvolver dor de cabeça e 1,9 vezes maior para desenvolver enxaqueca quando comparadas com crianças e adolescentes do sexo masculino.

– A distribuição da enxaqueca do tipo tensional é igual entre os sexos.

– Não é incomum que pacientes com enxaqueca percebam que seus sintomas aparecem após a ingestão de alguns alimentos. Há alimentos que sabidamente podem precipitar crises e outros que individualmente podem ser agentes causadores.

– Sua enxaqueca está se tornando mais intensa ou frequente? É sinal de que você precisa de tratamento!

Category:
  Dor de cabeça