Cefaleia pós traumática

Home  /  Cefaleia pós traumática

O que é dor de cabeça pós-traumática?

De acordo com a International Headache Society, a dor de cabeça pós-traumática é “uma dor de cabeça que se desenvolve dentro dos sete dias após o trauma ou após recuperar a consciência”. Os sintomas podem variar desde leve ou grave, infreqüentes ou contínuos. Pode ser semelhante a enxaqueca com sensibilidade à luz e ao som, causar náuseas ou vômitos.

Quando desenvolvo a dor de cabeça pós traumática?

A dor de cabeça pós-traumática geralmente ocorre após um trauma na região da cabeça. Os traumas podem ser leves como por exemplo bater a cabeça na porta, ou graves como em um acidente de carro.

O que se qualifica como uma concussão cerebral?

A dor de cabeça pós-traumática geralmente ocorre após um trauma na região da cabeça. Concussão é definida como uma lesão cerebral traumática que poderia modificar o funcionamento cerebral. As concussões podem ocorrer como resultado de um golpe direto na cabeça (pelo solo ou um objeto), ou por vibração violenta da cabeça e pescoço (como lesão de “chicote”). Esse movimento repentino pode fazer com que o cérebro faça uma desaceleração sobre o crânio, o que pode causar alterações químicas no cérebro ou danificar células cerebrais.As concussões cerebrais podem então ser leves, como por exemplo bater a cabeça no armário, ou serem graves como por exemplo em um acidente de carro.

Como tratar a dor de cabeça pós-traumática?

A dor pode ocorrer logo na primeira hora ou nos primeiros dias, e é aconselhada a avaliação neurológica afim de descartar sangramentos intracranianos. Comumente em idosos, traumas pequenos podem levar a sangramentos até meses depois. Os analgésicos tomados sem prescrição médica podem mascarar um quadro de sangramento intracraniano mais grave, pois amenizam a dor, e quando utilizados em excesso podem causar cefaleia por uso excessivo de analgésicos.